Loucura é achar isso normal

15.8.17
Foto:  David Samulionis | Mãos: Lúcia Robertti
Você provavelmente em algum momento da sua vida se viu fazendo algo que não gostava simplesmente porque tinha que fazer? Imagino que em algum momento você esteve em um trabalho que não gostava, em uma festa que não queria ir ou fazendo um curso que não tinha nada a ver com você, pelo simples fato que as pessoas te fizeram pensar no quanto aquilo era necessário. É estranho pensar assim, afinal, não dá pra fazer tudo que gosta. Sim, esse é um fato, existem coisas na nossa vida que realmente não temos pra onde correr e existem coisas ruins que a gente tem que passar para tirar uma lição boa. 
Mas eu me pergunto, quem é que ensina pra gente que temos que aceitar uma coisa merda e achar normal? É normal se sentir mal em um emprego todos os dias que você se levanta? É normal se sentir um fracasso todas as vezes que acaba a aula e você percebe que esta estudando desesperadamente porque fazer teatro não dá dinheiro? É normal você estar em uma festa e desejar o tempo inteiro a sua cama porque aquele lugar não tem absolutamente nada do seu mundo? A gente se acostuma com umas coisas que eu mesma me pergunto como somos capazes de não questionar.
Você acha que esta seguro no seu emprego horrível que mal dá pra pagar as suas contas porque você tem medo de investir em uma loja de roupas para cachorros fofinhos, mas você se esquece que seu emprego seguro não vai pensar duas vezes antes de te dar um pé na bunda e destruir o mínimo de dignidade que você construiu achando que estava apenas garantindo seu futuro.
Você acha que esta seguro fazendo um curso de exatas porque "Nunca falta emprego na área" mas você se esquece que a qualquer momento o mercado de trabalho vai te pedir mais e mais e que aquele curso que você fez por fazer não vai valer muita coisa.
Você acha que esta seguro indo para uma festa que não gosta e que não tem nada a ver com você porque "As pessoas de hoje em dia são assim, tenho que me adaptar".
E eu me pergunto, quem ensina isso pra gente? Quem ensina que a gente precisa matar os nossos sonhos e desejos porque aquilo parece o certo pras pessoas, mas é tão errado pra você?
Você tenta não se importar quando compartilha seu pensamento sobre tudo que te aprisiona, você tenta não ligar quando as pessoas dizem que você é maluca por querer trocar um curso "garantido" por um curso que não dá dinheiro, e no fim você se importa tanto com a opinião dos outros que desiste, que se força a estar em uma coisa que você sabe que não é certa para você.
E onde eu quero chegar com isso? A gente aceita cada coisa porque fica nessa psicose do que o outro vai achar, "e se falarem isso e se acharem aquilo" mas eu te pergunto, quantas vezes desde que você se viu cercado por coisas que não condiziam com o seu real interesse, você parou e ouviu o que você mesmo achava? É estranho colocar assim, mas a gente se prende tanto no que dizem que se esquece de ouvir a única pessoa que realmente importa. A gente liga tanto para o que os outros dizem e liga tão pouco para o que a gente mesmo acha. Tá tudo errado e não, isso não é normal. 

THIS IS THE KIT & o brilho congelado da lua

9.8.17
Eu não lembro exatamente onde os encontrei, mas lembro de ter anotado o nome da banda e da afixa a fim de escrever sobre eles aqui no Agridoce e eu deixei o tempo passar, na realidade ele escapou de mim e só agora tive a glória de um momento de paz para ouvir This Is The Kit e escrever sobre. Eis na minha agenda a seguinte impressão ''melodia infantil na lerdeza do soar de cada nota, uma voz que guia o rumo da composição'', ok, ouçam e tirem suas conclusões. A minha já parece  um pouco ultrapassada.
This Is The Kit, existe desde os anos 00, quando Kate (vocalista) se mudou para Bristol e começou a tocar e a colaborar com músicos locais. Foi onde seu álbum de estreia, Krulle Bol, tomou forma, gravou e produziu com o seu colaborador musical de longa data John PJ Harvey e John Parish. Seu segundo álbum, o Wriggle Out The Restless de 2010, foi feito na França ao lado de membros da Francois and the Atlas Mountains, antes que os toques finais da família musical extensa da TITK fossem adicionados em Bristol, na Bélgica e vários pontos entre eles.
O estilo é definido como alt-folk. Musicalmente, há uma grande quantidade de ideias, os arranjos minimalistas permitem que cada instrumento respire e ponha em primeiro plano os vocais de Kate Stables - um movimento sábio, pois suas letras são intrigantes. Se ela está cantando sobre numerologia ou nadando na costa de Dorset, abundam as frases imaginativas e imagens vivas.



Look Saia plissada e chapéu

31.7.17
Olha só quem tá realmente conseguindo postar um look por semana (mesmo estando atrasada), eu tava louca pra fotografar na Fradique e por entre a Vila Madalena, chamei Jaque e Dai (inclusive as fotos foram tiradas pelas duas) para irem comigo e fomos andar, demos um rolê no Beco do Batman (que inclusive é mega cheio no fim de semana, quando isso aconteceu??). Para as fotos escolhi um look fofo que combinasse com meu chapéu novo que foi um mega achado na Marisa, custou só R$ 19,90 dá pra acreditar? Aproveitei e comprei um pras migas também. UMA PROMOÇÃO DESSAS BICHO!
A saia já apareceu em outro look por aqui e o sapato também, eu adoro a combinação do blazer porque acho que dá uma carinha mais arrumada para qualquer roupa, vocês não acham? Esse inclusive também considero um super achado já que ele é todo estruturadinho e tem ombreiras que deixam mais alinhado, encontrei em uma promoção por R$ 99,90 que mesmo não sendo um preço que estou disposta a pagar agora (já que tô na onda de comprar só em brechós) achei bem bacana e super valeu a pena.
Adoro essa camisetinha porque ela é divertida e fofa e combina tanto com looks mais "arrumadinhos" como com looks mais despojados, infelizmente não achei nem um pouco barata para uma camiseta. No fim gosto da combinação num geral, acho que o restante das peças quebra a fofura da saia, né?
Eu usaria esse look de boa pra ir trabalhar ou pra ir no shopping, é o tipo de look que uso no meu dia a dia quando quero sair mais arrumadinha.
Blazer: Youcom | Camiseta: Renner | Saia: Forever | Bolsa: Aliexpress | Mocassim: Brechó Retroagir

E vocês gostaram? Usariam?