O dia que eu cresci

21.3.14

Quando eu me refiro á crescer, falo do crescimento mental. Porque somos tão bobos e tão maduros com outras coisas? Me sinto tão realmente deslocada e ao mesmo tempo me sinto tão dona de mim. No fundo quando converso com outras pessoas e conheço problemas diferentes, me sinto tão mal por fazer dos meus, as vezes tão simples problemas, tão gigantescos e mirabolantes que me sinto até satisfeita com minhas questões. A gente pensa e pensa e não chega em nada, pede opinião, tenta se colocar no lugar e nada. Então de repente a gente se depara com algo que imaginávamos que jamais saberíamos lidar e BOOM! a gente trata as coisas super bem, mantém a calma, a postura e resgata uma maturidade que jamais sabíamos que existia.
Eu já parei várias vezes pra refletir sobre o assunto, mas no fim não consigo achar uma resposta decente ou satisfatória. Eu me sinto tão extremamente deslocada, tão extremamente imatura.
No fundo acho que a vida nos faz cada surpresa, que ela nos proporciona crescimento mental de maneiras que nunca cogitaríamos. No intimo acho que a vida é uma espécie de companheira, e que tudo que ela nos oferece, serve sim de aprendizado de alguma maneira. Pode ser que não entendemos no momento, mas vai por mim, uma hora a gente descobre o crescimento que esse problema nos ofereceu. Pelo menos, eu gosto de pensar assim.

Comente com o Facebook:

1 comentários :

  1. Crescer... uma eterna duvida a minha, será que eu já cresci ? Espero um dia ter essa certeza...
    Beijos e abraços, Uma vida nos livros

    ResponderExcluir

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?