Resenha: Starters - Lissa Price.

3.7.14

Esse é o primeiro livro da Duologia Starters, da Lissa Price. Ele foi publicado aqui no Brasil, pela editora Novo Conceito.
O livro tem o tamanho padrão dos livros da editora. Os espaçamentos, margens e fontes são ideais para o tamanho do livro, os capítulos são bem variados: há alguns mais extensos e outros bem curtos, alguns tendo apenas 4 páginas, mais ou menos.

AUTORA: LISSA PRICE.
EDITORA: NOVO CONCEITO.
ANO: 2012 / PÁGINAS: 368.
SÉRIE: STARTERS - LIVRO 01.
Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...


Prime Destinations é um lugar em que os idosos alugam os corpos de adolescentes belíssimos (cortesia da Prime) para curtirem a "vida" por uns dias. E é exatamente o que Callie faz, aluga seu corpo, para conseguir dinheiro para tratar da saúde delicada do irmão. Por uma boa quantia de dinheiro, é claro. Isso faz com que ela se meta em uma sequência de confusões a partir do momento que aceita ser uma "doadora" na Prime.
“Quando os gaviões gritam é hora de voar.”
Depois de dois testes bem sucedidos, imagine a surpresa dela ao acordar, antes do prazo da idosa que esta em seu corpo, vencer. E com isso ela tendo que viver a vida na mansão e com as riquezas de Helena (a idosa), sem que as pessoas ao redor, nem a Prime, desconfiem que ela esta "acordada". 
Por alguns momentos ela achou que estava em um sonho, vivendo na riqueza, sem passar fome e conhecendo um dos caras mais lindos que ela já viu. Mas não é nada como aparenta ser... Helena, eventualmente voltar ao corpo, fazendo Callie ter blackouts e acordando em situações estranhas. 
Callie, com ajuda (ou não) ainda tem que descobrir quais são os planos de Helena, o que ela de fato quer fazer estando em seu corpo, já que ficou bem claro que as intensões de Helena não são a de se divertir, - e se a Prime é ou não, uma inimiga em potencial...
“Ninguém nunca reclamava sobre ter um cérebro gordo. Ninguém acusava seu cérebro de ser alto ou baixo demais, largo ou estreito demais. Ou feio. Ou a coisa funcionava ou não funcionava. E o meu funcionava muito bem.”

Eu tenho que ser sincera, no começo o livro me pareceu bastante confuso. Como estamos em uma distopia, as coisas não são as mesmas que estamos acostumados, então, talvez, em alguns momentos, precisaremos de explicações em determinados assuntos, e acho que a autora deixou um pouco a desejar nisso. Não que dificulte a leitura do livro, mas acho que teria mais "clareza" na história se o passado/a guerra fossem mais explorados...
Mas apesar desses poréns, o final do livros é bem surpreendente, - que acabei até, deixando de lado meus pequenos problemas com relação a história.
“Quando percebi o olhar de Blake, a expressão era digna de ser memorizada. Primeiro, o lado esquerdo dos seus lábios se curvou lentamente. Em seguida, seus olhos se abriram e brilharam enquanto a boca de entreabriu em um sorriso.”
O Segundo livro da duologia se chama Enders, e já estou morrendo de vontade de lê-lo.

Nota Pessoal:
 ★★★★★
Bom, espero que tenham gostado da resenha, logo terá mais por aqui! xoxo
Redes Sociais: INSTAGRAM | SKOOB

Comente com o Facebook:

0 comentários :

Postar um comentário

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?