Bons Fluidos

9.8.14



Antes de começarmos devo dizer que havia no Word do meu computador uma crônica maravilhosa para vocês, mas o arquivo se codificou e eu perdi tudo. Hoje será na base do improviso, Baby.

Fui fazer um lanchinho pôs aula no fim da tarde para enfrentar o curso a noite, ao entrar na lanchonete, automaticamente envolvida com o calor dos alimentos, com os assuntos das conversas alheias, com a multidão tentando pagar, tentando levar, tentando comer e fazer o pedido, e havia uma atendente bonita. Ela não era alta, nem esbelta, não tinha os cabelos mais sedosos do mundo, mas tinha um sorriso e uma descontração invejável para atender os clientes. Ela ia e voltava com um sorriso, como se atender pessoas o dia inteiro fosse a coisa mais gratificante na vida de alguém. Aquele sorriso tomava todo o seu rosto transformando-o, deixando-o belo e transformando o dia e o rosto de outras pessoas.

Você não pode deixar que as decepções destruam o que há de melhor em você. Não pode permitir que as desventuras da vida acabem com seu dia, não pode deixar o mal humor te vencer e afetar as pessoas ao seu redor porque elas não têm culpa se as coisas não estão indo bem com você. Eu costumo dizer que o problema não são as segundas-feiras, se você não gosta das segundas o problema é você. Não me entenda mal, caso eu esteja sendo dura. Pense comigo; horas, dias, semanas, meses, anos, são elementos da organização humana. Não existe um carma real sob as segundas-feiras. Temos que acordar todos os dias lembrando que há um propósito maior em viver, algo além de sobreviver-as-segundas.  

Fazer Produzir Viver e Ver

Quando mudamos nossa visão sob nossos atos, e sob os elementos da vida em geral as coisas fluem com mais facilidade, fica mais fácil vencer os dias sem a preocupação, sem a cisma, sem o mal humor. Claro que todos nós temos direito de ter dias ruins e mandar todo mundo se ferrar. Sejamos sensatos, quando adotamos um sorriso nos lábios o dia se transforma. Somos notórios do sol, é como se ele brilhasse somente para nós, lembre-se que as pessoas que conhecemos são o reflexo do que somos com elas (vice versa), quando se doa um sorriso, um bom dia, um obrigado, um por favor, as coisas fluem, passam com mais facilidade, voltamos para casa a noite satisfeitos, e nos perguntando porquê estamos bem, afinal, nada extraordinário aconteceu hoje. 

Eu aprendi um pouco com aquela moça atendente, mesmo não trocando uma palavra sequer com ela. Seja gentil consigo mesmo, diga que está bonito para o reflexo no espelho, dê a si aquele sorriso. Depois, seja gentil com os outros. Faça a vida F-L-U-I-R .

KIM.


Comente com o Facebook:

0 comentários :

Postar um comentário

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?