Resenha: Fangirl - Rainbow Rowell

7.4.15

Fangirl foi escrito pela a autora Rainbow Rowell, também conhecida por ter escrito o livro Eleanor & Park. O livro também foi minha escolha para o tema da Jornada Literária do mês de março.

AUTORA: RAINBOW ROWELL.
EDITORA: NOVO SÉCULO.
ANO: 2014 / PÁGINAS: 424.
Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Fangirl conta a história de Cath, uma garota tímida, fã da série de livros Simon Snow - que adora escrever fanfics sobre eles - e que acaba de sair de casa para entrar na faculdade. Até aí tudo bem! Afinal, é mais que normal ir para uma faculdade... O problema é que Cath vê sua rotina e sua zona de conforto ir para os ares, quando a sua irmã gêmea, a qual sempre faziam tudo juntas, decide que não vai dividir o quarto com ela. Agora Cath além de ir para uma faculdade em uma cidade diferente, longe do namorado e do pai, vai ter que dividir o quarto com uma estranha.
Mas no final, isso nem é tão difícil assim: Cath acaba criando uma estranha amizade com sua nova colega de quarto - e com o amigo desta, Levi, que parece sempre estar na porta do quarto das duas, as esperando...
"Os olhos dele eram cálidos e azuis-claros. Faziam você sentir que ele gostava mais de você do que das outras pessoas."

Cath também conhece Nick, um garoto que compartilha a mesma paixão que ela pela escrita. Os dois logo se aproximam e formam dupla para escreverem juntos, as vezes, ficando até tarde na biblioteca trabalhado em textos, mal vendo o tempo passar.

Apesar de estar começando novas amizades, o relacionamento de Cath com sua irmã gêmea, Wren, não vai muito bem. Wren, agora só quer saber de curtir à noite com sua nova amiga, beber e namorar. O que a faz se distanciar ainda mais de Cath, que prefere ficar no seu quarto, longe de todos, escrevendo sua mais recente fanfic - Vá em frente, Simon - sobre os seus personagens favoritos da série de livros Simon Snow.
"[...] Era por isso que Cath escrevia as histórias. Para ter esses momentos em que o mundo deles suplantava o mundo real. Quando ela podia simplesmente cavalgar nos sentimentos deles como uma onda, como algo flutuando morro a baixo."
O relacionamento das duas se complica ainda mais quando Cath descobre que Wren está mantendo contato com a mãe delas. Mãe esta, que as abandonou quando crianças. Deixando-as sozinhas com um pai, que sequer sabia o que fazer para tomar conta das filhas. E ao que parece, até o próprio pai das duas quer que elas deem uma chance para a mãe. 

Mas Cath quer qualquer coisa, exceto algo que possa bagunçar ainda mais sua vida.


O livro tem um enredo fácil de acompanhar, uma leitura leve, porém há momentos que pode ficar um tanto cansativo ou até fazer com que perca um pouco o ânimo para prosseguir com a leitura - o que foi o meu caso.  Achei que a autora prolongou demais a história e se apressou demais na fase final. O que me deixou um tanto decepcionada, pois esse é o segundo livro que li da Rainbow e nos dois tive a sensação de que a história não foi concluída. Ficou algo no ar...
Além disso, os trecho iniciados antes de cada capítulo, que geralmente são trechos de fanfics escrita pela Cath, - que no inicio pareceu bastante interessante - no decorrer do livro ficou um tanto confuso e cansativo.
" - Então você não leu os livro?  - Não sou muito de ler.  - Acho que essa foi a coisa mais idiota que você já me disse."
Entretanto fangirl é um livro que tem uma história leve e bastante fofa. Retrata, basicamente, sobre a saída da adolescência para a vida adulta. Sobre arriscar em suas escolhas em certos momentos, mas sempre ter um limite. E é uma ótima escolha para quem adora algo mais teen com uma pitada geek no enredo.

Nota pessoal:
★★★★

Confiram os blogs das outras participantes da JornadaJaqueDaniAneBeatriz e Fernanda.
Fiquem à vontade para participar também!

Comente com o Facebook:

4 comentários :

  1. Eu tô desejando esse livro tem muito tempo e quero ter ele na minha coleção. Também tô doida pra ler Eleanor & Park.
    Um super beijo.

    www.viajantedosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, Melissa. Leia sim, ambos são ótimos. Você vai adorar. =)

      Excluir
  2. Adoro a escrita da Rainbow e também escolhi um livro dela para o desafio de Março. Fangirl e Eleanor e Park estão entre os meus favoritos. =)

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah, que bom! Eu acho os livros dela tão amor <3 Mas dos dois, eu prefiro Eleanor & Park, esse ganhou meu <3. HAHAH

      Excluir

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?