As vantagens do silêncio

25.11.15
Estou me afogando em meus próprios pensamentos


A tarefa era simples, como ela já havia dito '' Tragam um poema para a próxima aula''. Tudo bem, quase esqueci de levar o poema. Acontece que nessa mesma semana eu terminei de ler As Vantagens de Ser Invisível e como é quarta unidade, você sabe, a gente deixa tudo para a última hora e nem se interessa mais, o negócio agora é contar os dias para o fim das aulas e se livrar da escola. Enquanto eu atravessava a sala lembrei do poema do livro que mexeu comigo, ele não tem título, mas o chamo de Chops!, porque é o primeiro título mencionado no poema.  



Cada um tem sua forma de interpretar as coisas e percebi isso muito cedo. Sempre que lia para a classe, quando criança, minhas respostas sobre Estudos de Texto, as respostas sempre estavam diferentes do que as outras crianças escreviam e eu voltava para casa com aquilo na cabeça ''Que diabos! Qual é o meu problema?''. Não tem condições isso não! Como é possível alguém enxergar algo totalmente diferente de mim? O pior é que minhas respostas não chegavam nem perto do que elas escreviam e isso me chateava muito porque eu tinha essas crises de perfeição na infância, ser a melhor aluna da classe, o exemplo, o resultado de um bom professor e blah blah blah, estar errada me afetava, agora eu vejo que estar certo ou errado depende apenas do ponto de vista. 

E os pontos de vista, apontam e despontam, desapontam e se apontam diante de mim todos os dias. Hoje ao terminar de ler o poema do livro As Vantagens de Ser Invisível para toda a classe, encontrei um ponto: o silêncio.

E era um silêncio tão maciço, repleto de olhares e queixos esmagados pelas palmas suadas das mãos dos meus colegas de classe, movimentos sutis, ainda preso pela reflexão do que eu acabara de recitar. A professora tinha os olhos brilhantes e os dedos enlaçados dando suporte a cabeça, acho que ela entendeu os versos melhor do que qualquer um naquela classe. 

Acho que entendo totalmente o poema agora. Enxergo o abandono da inocência fronte a contínuas mágoas, o crescimento, o tempo, e como é doloroso viver. 

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. Gostei do post, as vezes é melhor ficar quieto mesmo.

    http://alinesecretplace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Esse poema do livro é realmente muito bom!

    blogsegurame.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Amei esse texto e me identifico um pouco com ele!

    www.faseseestacoes.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não conheço o poema, mas vou buscar =D

    ResponderExcluir
  5. Aliás o silêncio fala mais alto do que realmente ficar falando.

    ResponderExcluir
  6. Enxergo o abandono da inocência fronte a contínuas mágoas, o crescimento, o tempo, e como é doloroso viver. .. Amei o texto <3

    ResponderExcluir

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?