Christine and the Queens, um pouco de synthpop francês

10.8.16

Christine and the Queens é o pseudonimo de Héloïse Letissier, francesa de 28 anos, cantora e compositora que transcende o pop contemporâneo com letras inquisidoras e altamente poéticas aliada ao seu estilo um tanto andrógeno e performances que valoriza a dança teatral como mais que 'apenas uma coreografia'.


Uma de suas faixas que mais me fez pensar foi iT, a gente nunca sabe exatamente sobre o quê ela está falando, se é sobre uma terceira pessoa, se é sobre ela mesma, se é sobre  expectativas sobre os homens ou se ela realmente estava bêbada quando escreveu tudo aquilo, pois é repetida varias vezes ''Eu sou um homem agora'', ''Ela quer ser um homem agora, ela quer nascer de novo''.

A performance teatral, a feição endurecida pelo ritmo intrincado e marcado por passagens de Hip Hop  e R&B marcam Chaleur Humaine  um álbum rico com composição equilibrada sem chegar a ser deliberadamente opaco.
Se quer provar de um trabalho novo, recomendo que devore Chaleur Humaine, não é necessária toda a etiqueta francesa para isso, apenas ouça e... tente descobrir do que se trata.   

Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Respostas
    1. Que bom que curtiu. Toda quarta tem indicação nova ;)

      Excluir

Você não precisa de um blog para comentar <3
Pode comentar a vontade, dar sugestões bater um papo comigo e fazer criticas desde que essas acrescentem alguma coisa. Sinta-se em casa, só não vale ser grosseiro tá?